Transportes em Marrocos

Gare de Comboio / Trem em Marrakech

Gare de Comboio / Trem em Marrakech

Marrocos é um país muito bem interligado com vários tipos de transportes. Para se viajar em Marrocos você pode escolher fazê-lo através de autocarros / ônibus, grand-taxi, 4X4 com uma empresa de turismo com um tour organizado para si, carro alugado / rent-a-car, mota, carro próprio vindo desde a Europa, avião.

Viajar em Marrocos é sem dúvida fácil e dá para todo o tipo de viajante. Basta descobrir a maneira que mais lhe agrada e sair à descoberta do país. Nesta página tem um pouco de informação acerca das várias maneiras que poderá escolher para viajar em Marrocos.

Marrocos de Comboio / Trem

Viajar de comboio / trem em Marrocos

Viajar de comboio / trem em Marrocos

Viajar de comboio / trem em Marrocos é muito simples. Apesar da rede ferroviária marroquina de 1907 km não abranger todo o território, dá para viajar até muitos destinos na parte ocidental do país. As cidades de Tanger, Asilah, Rabat, Casablanca, Settat e Marrakech, Meknes, Taza e Nador.

As linhas de comboio em Marrocos podem-ss organizar da seguinte forma: 1-a linha Casablanca-Oujda via Rabat, Sale, Fes e Taourirt (Train-Hôtel): Partida Casablanca 21:15 – Chegada Oujda 07:00. 2-a linha Oujda-Casablanca: Partida Oujda 21:00, Taourirt 22:43, Fes 03:00, Rabat 06:15 – Chegada Casablanca: 07:15. 3-a linha Marrakech-Tânger via Casablanca, Rabat, Kenitra: Partida Marrakech 21h00, Casa 00:45, Rabat 01:57 – Chegada Tanger 07:25. 4- a linha Tangier-Marrakech: Partida Tanger 21:05, Kenitra: 02:35, Rabat: 3:15, Casablanca: 4:30 – Chegada Marrakech: 08:05. 5-a linha Casablanca-Nador: Partida Casablanca 19:45, Fes 0:15 – Chegada Nador 06:00. 6-a linha Nador-Casablanca: Partida Nador Ville 19:43, Fes 01:00 – Chegada Casablanca 06:15.

Em Marrocos está em construção o primeiro comboio / trem de alta velocidade TGV de África ligando as cidades de Tangier e Marrakech. Esta viagem em vez de demorar cerca de 11 horas passará a demorar só umas 2 horas e 30 minutos.

Links úteis:

Marrocos de Autocarro / ônibus

Viajar de Autocarro / Onibus em Marrocos

Viajar de Autocarro / Onibus em Marrocos

Para viajar de autocarro / ônibus há um leque variado de empresas privadas nos terminais de cada cidade, mas, além dessas companhias, há duas empresas mais fiáveis e de melhor qualidade: a SUPRATOURS e a CTM. Há muitas empresas com viagens de longa distância que operam em Marrocos e que servem praticamente todas as cidades.

Marrakech até Agadir demora 4 horas e custa 110 Dirhams. Marrakech até Ouarzazate demora 4 horas e custa 90 Dirhams. Marrakech até Casablanca demora 3:20 horas e custa 90 Dirhams. Marrakech até Fez demora 7 horas e custa 195 Dirhams. Marrakech até Essaouira demora 3 horas e custa 90 Dirhams. Marrakech até Zagora demora 12 horas e custa 135 Dirhams. Marrakech até Dakhla demora 24 horas e custa 490 Dirhams.

Links úteis:

Marrocos de Avião

Viajar de Aviao em Marrocos

Viajar de Aviao em Marrocos

Para quem não goste de viagens longas de autocarro / ônibus, Marrocos tem todos os seus melhores destinos ligados por rotas comerciais de avião, unindo cidades como Tanger, Casablanca, Marrakech, Ouarzazate, Errachidia, Fes e Meknes, Laayoune e Dakhla por exemplo. Este serviço faz-se a partir da companhia aérea Royal Air Maroc.

Os aeroportos de Marrocos com maior fluxo de passageiros em 2013 foram o Aeroporto Mohammed V em Casablanca, o Aeroporto Menara em Marrakech, o Aeroporto Al Massira em Agadir, o Aeroporto Ibn Batouta em Tânger e o Aeroporto Saiss em Fez.

O Aeroporto de Marrakech está situado muito perto da cidade, só a 6 km do centro. Se não tem muita bagagem pode apanhar um autocarro / ônibus que o leva facilmente até ao centro da cidade. O bilhete do bus paga-se ao motorista. Se quer ir mais rápido é melhor apanhar um táxi mas é melhor regatear o preço. Para uma viagem de 15 minutos até à medina pagará entre 100 até 200 dirhams, dependendo do seu grau de negociação.

O Aeroporto de Fez está situado a cerca de 15km da cidade. Se não tem muita bagagem pode apanhar o autocarro / ônibus Nº16 que custa 20 dirhams e demora cerca de 30 minutos a 1 hora a chegar. O bilhete compra-se ao motorista. O bus apanha-se ao lado da estação do comboio / trem de Fez. Há ainda um shuttle aeroporto que diz Fez – Aeroporto na parte de fora. Corre aproximadamente a cada 30 minutos e leva-o desde a Estação do Comboio / trem até ao aeroporto em 25 minutos. O bilhete pode ser comprado ao motorista. Se preferir pode apanhar um táxi que é mais rápido. O preço é fixo e custa 120 dirhams do aeroporto para o centro da cidade. Preço para o carro inteiro ou seja se for um grupo de amigos o preço será dividido por todos.

Para quem não goste de viajar de comboio / trem ou autocarro / ônibus há ainda várias cidades ligadas com voos nacionais que encurtam em muitas horas a viagem entre cidades de maior distância.

Links úteis:

Marrocos de Taxi

Entre maior parte das grandes cidades há ainda outro serviço de transportes, que são os Grand Táxis. Estes levam até 6 pessoas + motorista e são normalmente mais rápidos que os autocarros / ônibus. Para maior comodidade e entre pequenas distâncias você pode até pagar e reservar os dois lugares da frente, algo comum e que muitos marroquinos também fazem. Ou seja, se o preço de um lugar no táxi é de 60, pagando duas vezes você terá o assento da frente só para você. Acontece às vezes que você tem mesmo pressa, e o táxi só sai quando cheio e faltam 2 pessoas, você pode negociar com outros passageiros para dividiram o valor desses 2 passageiros por todos. E o táxi sair naquele momento. É um sistema de transporte muito flexível.

Marrocos de carro

Os únicos postos fronteiriços terrestres abertos são os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla e a fronteira com a Mauritânia bem a sul. A fronteira com a Argélia está fechada há muitos anos. Além de uma excelente rede rodoviária com estradas de muito bom piso e com asfalto, há ainda uma rede de 1511 km de auto-estradas / rodovias. Dá para conduzir /dirigir em Marrocos desde o Norte na fronteira com Espanha, até ao sul na fronteira com a Mauritânia. Pode conduzir desde a praia na Costa Atlântica até ao Deserto do Saara. Desde a praia de Agadir até às dunas de Erg Chebbi no Deserto do Saara são 680KM de distância (há muita coisa bonita para visitar pelo caminho por isso este exemplo não deverá ser feito de uma só vez).

Viajar de carro por Marrocos dá maior autonomia e liberdade de escolher os locais a visitar, e explorar de maneira mais profunda recantos onde turistas normalmente não chegam. Cidades como Marrakech são um desafio para conduzir. Muitas vezes há radares da polícia quase atrás de cada árvore. A velocidade na cidade é 40 km/h. As estradas são sempre de alcatrão excepto em várias zonas das Montanhas do Atlas e nas pistas do deserto.

Na fronteira de Ceuta do lado espanhol você está na Europa, não há formalidades. Do lado marroquino as formalidades são feitas rapidamente, mas a fila pode ser longa mesmo em baixa temporada. Instruções passo-a-passo para as formalidades marroquinas: 1-preencher devidamente as fichas da polícia; 2-depois preencher o papel de importação temporária de veículo; 3-depois o procedimento da alfândega em que terá (ou não depende da sorte) uma inspeção ao interior do veículo; 4-se é a primeira vez em Marrocos terá que inserir o seu número de passaporte no sistema computorizado da alfândega.

Links úteis:

Marrocos de Jipe 4X4

Viajar em Marrocos de Jipe 4X4

Viajar em Marrocos de Jipe 4X4

Marrocos é o paraíso para quem tem um jipe. Inúmeras pistas para 4X4 atravessam Marrocos de uma ponta a outra. Basicamente é possível descer desde Fez até às Dunas de Erg Chebbi tudo em pista sem alcatrão. Desde as famosas pistas do Paris Dakar até lugares perdidos pelas montanhas rochosas do Alto Atlas e Saghro, Marrocos propõe aventura em autonomia. Marrocos tem caminhos de barro, neve e areia. É só escolher.

Além das clássicas pistas como Merzouga até Zagora, o Cirque du Jaffar ou Tamtettoucht até Dades, há ainda algumas outras pistas  para 4×4 muito agradáveis ​​e menos conhecidas:

  1. O Gorge Tizzerhte com estrada de acesso em Igherm-Tata, 20 km ao sul de Issafene. Saída num planalto a cerca de 30km de Tafraoute.
  2. O Vale Ounila pela pista Telouet até Ait Ben Haddou. Passar por Animiter antes da descida sul até ao Lago Tamda.
  3. A pista Skoura até Toundout e continuar até Amezri pelo Gorge Tessaout. 4-as pistas do Vale das Rosas pela montanha a dentro.
  4. As pistas de Ouaouizerhte até Zaouia Ahansal pela Cathédrale de Rochers.
  5. Tissint até Tazenakht e continuando até Tafraoute.
  6. Toufghine até Boumalne Dades. 8-as espectaculares pistas de Boumalne Dades à N’Kob pela Montanha Saghro.

Os únicos postos fronteiriços terrestres abertos para entrar em Marrocos são os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla e a fronteira com a Mauritânia bem a sul. A fronteira com a Argélia está fechada há muitos anos. Além de uma excelente rede rodoviária com estradas de muito bom piso e com asfalto, há ainda uma rede de 1511 km de auto-estradas / rodovias.

Dá para conduzir / dirigir em Marrocos desde o Norte na fronteira com Espanha, até ao sul na fronteira com a Mauritânia. Pode conduzir desde a praia na Costa Atlântica até ao Deserto do Saara. Desde a praia de Agadir até às dunas de Erg Chebbi no Deserto do Saara são 680KM de distância (há muita coisa bonita para visitar pelo caminho por isso este exemplo não deverá ser feito de uma só vez).

Viajar de jipe por Marrocos dá maior autonomia e liberdade de escolher os locais a visitar, e explorar de maneira mais profunda recantos onde turistas normalmente não chegam. Cidades como Marrakech são um desafio para conduzir. Muitas vezes há radares da polícia quase atrás de cada árvore. A velocidade na cidade é 40 km/h. As estradas são sempre de alcatrão excepto em várias zonas das Montanhas do Atlas e nas pistas do deserto.

Na fronteira de Ceuta do lado espanhol você está na Europa, não há formalidades. Do lado marroquino as formalidades são feitas rapidamente, mas a fila pode ser longa mesmo em baixa temporada. Instruções passo-a-passo para as formalidades marroquinas: 1-preencher devidamente as fichas da polícia; 2-depois preencher o papel de importação temporária de veículo; 3-depois o procedimento da alfândega em que terá (ou não depende da sorte) uma inspeção ao interior do veículo; 4-se é a primeira vez em Marrocos terá que inserir o seu número de passaporte no sistema computorizado da alfândega.

Marrocos de Barco / Ferry

Pode-se apanhar um barco desde Espanha até Marrocos. Cruzando o Estreito de Gibraltar a partir das cidades espanholas de Algeciras (cerca de 2 horas de viagem) ou da cidade de Tarifa (com barco rápido que demora cerca de 40 minutos). De Tarifa vê-se África – Marrocos do outro lado, a distância é só de 14km separando os dois continentes.

O barco é um meio de transporte preferido pela comunidade marroquina que vive no estrangeiro. Durante o período de férias milhares de marroquinos entram em Marrocos de carro, utilizando o serviço do ferry-boat a partir de Espanha e França. Desde Espanha as possibilidades de viagem de barco até Marrocos são muitas. Desde Espanha você pode ir de barco a partir de Málaga, Valencia, Almeria e Barcelona mas as rotas mais úteis são realmente as de Algeciras e Tarifa.

Links úteis:

Marrocos de mota

Os únicos postos fronteiriços terrestres abertos são os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla e a fronteira com a Mauritânia bem a sul. A fronteira com a Argélia está fechada há muitos anos. Destino aventura, Marrocos é um país escolhido por muitos motards europeus para explorar e descobrir os seus vastos recantos de mota. Cidades como Marrakech são um desafio para conduzir. Muitas vezes há radares da polícia quase atrás de cada árvore. A velocidade na cidade é 40 km/h. As estradas são sempre de alcatrão excepto em várias zonas das Montanhas do Atlas e nas pistas do deserto.

Na fronteira de Ceuta do lado espanhol você está na Europa, não há formalidades. Do lado marroquino as formalidades são feitas rapidamente, mas a fila pode ser longa mesmo em baixa temporada. Instruções passo-a-passo para as formalidades marroquinas: 1-preencher devidamente as fichas da polícia; 2-depois preencher o papel de importação temporária de veículo; 3-depois o procedimento da alfândega em que terá (ou não depende da sorte) uma inspeção ao interior do veículo; 4-se é a primeira vez em Marrocos terá que inserir o seu número de passaporte no sistema computorizado da alfândega.

Marrocos com carro alugado / rent-a-car

Alugar um carro em Marrocos é fácil e não apresenta problemas de maior. É necessário a sua carta de condução / carteira nacional de habilitação (carta/carteira de motorista). É necessário ter pelo menos 21 anos e ter um cartão de crédito. Em Marrocos há várias empresas de aluguer de veículos. Todas as grandes marcas conhecidas como Budget, Avis, Hertz têm presença em todas as grandes cidades marroquinas, mas há ainda muitas pequenas empresas que também alugam carros e jipes 4X4 a preços muitas vezes mais competitivos.

Por excelência as agências rent-a-car em Marrocos encontram-se sempre na parte nova das cidades e nunca dentro das medinas. O aluguer de um pequeno carro a gasolina pode custar entre 25 a 35 euros por dia na época baixa, e aumentar o valor até 50 euros por dia na época alta. O aluguer de um jipe 4X4 deverá rondar os 75 a 120 euros por dia dependendo da época do ano. Há empresas que têm limite de quilometragem no aluguer, mas outras que não. Tenha atenção a este pormenor para não ter surpresas na entrega do veículo. Cidades como Marrakech são um desafio para conduzir. Muitas vezes há radares da polícia quase atrás de cada árvore. A velocidade na cidade é 40 km/h. As estradas são sempre de alcatrão excepto em várias zonas das Montanhas do Atlas e nas pistas do deserto.

Links úteis:

Marrocos de caravana / camping car

Marrocos é um destino popular para se viajar de caravana. O país ganhou esta fama por muitas razões: a sua cultura e tradições ancestrais, paisagens variadas e belas, as montanhas e o mar, o deserto e as florestas, a culinária mundialmente famosa, o clima, as pessoas de extrema hospitalidade e bondade.

Os únicos postos fronteiriços terrestres abertos são os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla e a fronteira com a Mauritânia bem a sul. A fronteira com a Argélia está fechada há muitos anos.

Marrocos tem estradas muito boas para se viajar com caravana. Toda a região sul é vazia e é já usada por muitos caravanistas para explorar a liberdade que o país oferece. Para estacionar a caravana perto de casas, é fácil, basta ser educado e pedir permissão. Não há nenhum problema para o abastecimento de água nas estações de serviço. Cidades como Marrakech são um desafio para conduzir. Muitas vezes há radares da polícia quase atrás de cada árvore. A velocidade na cidade é 40 km/h.

As estradas são sempre de alcatrão excepto em várias zonas das Montanhas do Atlas e nas pistas do deserto. Os marroquinos são pessoas muito agradáveis, simpáticas e hospitaleiras.

Na fronteira de Ceuta do lado espanhol você está na Europa, não há formalidades. Do lado marroquino as formalidades são feitas rapidamente, mas a fila pode ser longa mesmo em baixa temporada. Instruções passo-a-passo para as formalidades marroquinas: 1-preencher devidamente as fichas da polícia; 2-depois preencher o papel de importação temporária de veículo; 3-depois o procedimento da alfândega em que terá (ou não depende da sorte) uma inspeção ao interior do veículo; 4-se é a primeira vez em Marrocos terá que inserir o seu número de passaporte no sistema computorizado da alfândega.

Links úteis:

 Marrocos à boleia / carona

Sendo esta uma actividade sempre de risco, viajar à boleia / carona em Marrocos pode não ser tão fácil como se pense. Na zona norte na região de Ketama e das Montanhas do Riff é preciso ter atenção que é uma região de produção, tráfico e comercialização de droga, apresentando assim mais perigo do que no resto do país.

De maneira geral, os marroquinos não gostam de levar estranhos no carro e parar muito menos. As pessoas que você vê ao longo das estradas não esperam apanhar boleia / carona, mas sim, esperar por um táxi ou um autocarro / ônibus. Se você quer apanhar boleia / carona em Marrocos pode arriscar ficar muitas horas antes de ser levado. E se tiver sorte, pode acabar na loja ou bazar de um dos primos da pessoa que o levou no carro.

Em Marrocos não há nenhum perigo físico real, mas é sem dúvida a forma menos prático de viajar pelo país. Especialmente para uma mulheres aí sim há que ter atenção. De qualquer maneira tudo é possível e pode ter sorte em apanhar boleia de um estrangeiro em rent-a-car por exemplo, ou um marroquino de volta ao trabalho e precisa de alguém para ir falando durante a viagem.

 Marrocos com Tour Organizado

A maneira mais fácil de viajar em Marrocos e onde pode desfrutar da sua viagem sem preocupações é comprar um pacote / tour a uma agência especializada. Há vários tours base tais como Excursão Cidades Imperiais, Excursão Rota dos 1000 Casbahs, Excursão Descida do Deserto, etc. Os tours organizados podem sair de todas as grandes cidades mas normalmente saem ou de Marrakech, Fez ou Casablanca.

Estas viagens são por norma privadas, em que você terá à sua disposição um motorista e um jipe. Há pacotes de meia-pensão e pensão completa. O preço inclui sempre o combustível e alojamento. Um dos fortes desta modalidade de viagem é que se você tiver um grupo de amigos, o preço global do tour sai mais barato do que se você viajar independente. Ou seja, o preço do transporte será dividido entre todos, baixando o custo médio por dia. Estas viagens organizadas podem custar desde 350 Euros até 2000 Euros dependendo do número de dias.

Links úteis:

Procure alojamento em Marrocos:

Booking.com