Destino exótico do Norte de África – Marrocos

Bem-vindos a Marrocos

Bem-vindos a Marrocos

Em GuiaMarrocos.com encontrá toda a informação necessária para preparar a sua viagem a Marrocos. Aqui pode reservar o seu hotel, avião ou viagem em tour organizado pelos melhores destinos de Marrocos.

Neste guia de Marrocos tem disponível informação e dicas de viagem para se poder movimentar e explorar este exótico país seja por carro, autocarro / ônibus, taxi privado, comboio ou em autonomia conduzindo / dirigindo com rent-a-car.

Chega ao aeroporto de Marrocos e não sabe como fazer, onde ir, onde ficar? Este site ajuda-o em todas estas problemáticas iniciais de viajante. Pode ainda reservar connosco o seu transporte desde o aeroporto até ao seu hotel.

Nesta página sobre viajar em Marrocos você terá de maneira fácil informação prática de viagem dos melhores locais e destinos para visitar o país, itinerários de viagem, ideias fundamentais da cultura e história.

Em Marrocos você pode visitar montanha, deserto, praia e cidades históricas. Um leque variado de destinos a descobrir. As cidades mais conhecidas são Marrakech, Fez, Casablanca, Rabat, Essaouira, Ouarzazate. Outros locais a não perder são as Dunas de Erg Chebbi, Zagora, El Jadida, Agadir, Chefchaouen, Taroundant, Tafraout, Tineghir, Vale do Dades, Vale do Draa, Nkob, Tetouan, Asilah, Safi, Sidi-Ifni, Dakhla.

Razões para visitar Marrocos:

Chá de menta - Turismo em Marrocos

Chá de menta – Turismo em Marrocos

  • Marrocos é um reino exótico com uma cultura milenar incrível e com pessoas amigas. Um delicioso chá de menta marroquino é o destaque de ser acolhido por uma família.
  • O povo marroquino é muito acolhedor. O país tem povos diferentes de tribos berberes e árabes que constroem um país de tolerância e tradições interessantes.
  • A Península Ibérica (Portugal e Espanha) e o Norte de África partilham uma história comum. Marrocos sempre foi o encontro entre a África Negra e da Europa.
  • A cozinha marroquina é cheia de cores e sabores especiais. Desde o famoso cuscuz marroquino até à deliciosa tajine Aqui você pode experimentar uma forma diferente de cozinhar.
  • O artesanato marroquino é variado e pode ser comprado a muito bom preço. Adquira seus belos tapetes, luminárias, brincos, colares e roupas exóticas.
  • Explore as praias do Mediterrâneo e a Costa Atlântica, a neve nas montanhas do Alto Atlas, as estepes, as florestas de cedros com macacos e dunas do grande deserto do Saara com as caravanas de camelos.
  • Marrocos tem nove locais Património Mundial da UNESCO para visitar. Todos esses locais estão muito bem preservados e representam Marrocos no seu melhor.
  • Marrocos tem belos hotéis e riads. A combinação perfeita de alojamento exótico e confortável torna um hotel em Marrocos, uma experiência única. Há ainda alberges, hostels, acampamentos no deserto em tendas bivouac e parques de campismo.
  • Marrocos acolhe turistas com vários orçamentos. Desde os luxuosos hotéis de 5 estrelas, até ao mais simples hotel de mochileiro, Marrocos dá para todo o tipo de bolso.

E um pouco mais para descobrir:

Mapa de Marrocos

Mapa de Marrocos


Marrocos é o tal destino de sonho que tem grandes dunas de areia no Deserto do Saara, homens nas ruas vestidos com gandoras e turbante na cabeça.

O povo marroquino é muito acolhedor e recebem os turistas muito bem. Além do interesse económico, há ainda o interesse cultural, em que o marroquino tem sempre muita curiosidade em saber acerca de quem o visita.

As mulheres marroquinas vestem-se de maneira geral mais tradicional que os homens, porém, a modernidade das grandes cidades faz muitas mulheres vestirem-se normalmente como em qualquer outra cidade europeia.

A religião em Marrocos é tolerante, e qualquer pessoa vinda de fora é livre de praticar e ter objectos de outras religiões. De maneira geral, e desde a época do protectorado francês, estrangeiros não podem visitar mesquitas. Há uma excepção que é a grande mesquita de Casablanca, a Mesquita Hassan II ou em francês Mosquée Hassan II. A torre da mesquita chamado de minarete mede 210 metros de altura e é assim o mais alto minarete do mundo muçulmano.

Para os amantes de ritmo e música, Marrocos e a zona do Magrebe em geral, é cheia sons e pessoas que vivem o ritmo de uma maneira muito profunda. A música está presente em todas as situações de vida diária dos marroquinos (excepto os mais religiosos). Na zona sul de Marrocos e Montanhas do Atlas, amigos juntam-se para tocar tambores e bater palmas criando um ritmo frenético e transe. Há ainda algumas partes das montanhas que juntam o bandolim.

Marrocos é assim um reino entre o passado, presente e o futuro. Apto para todo o tipo de turistas que procuram história, cultura, diversão, exotismo, deserto, montanha, caminhadas, viagens 4X4 com jipe, viajar de carro em autonomia conduzindo / dirigindo, de bicicleta, etc.

Os principais aeroportos de chegada a Marrocos encontram-se nas cidades de Marrakech, Casablanca, Fes e mais recentemente Ouarzazate. Há ainda várias companhias aéreas low-cost (baixo-custo) que voam para Marrocos regularmente, trazendo preços muito baratos desde a Europa até Marrocos.

Marrocos é um país grande, e tem imensos lugares para visitar. Rapidamente, pode ficar a saber o top de várias regiões:

  • Norte de Marrocos: Tétouan, Chefchaouen e Asilah.
  • Centro de Marrocos: Fez, Marrakech, Meknes, Volubilis.
  • Costa de Marrocos: Rabat, Casablanca, El Jadida, Essaouira, Safi.
  • Montanhas do Atlas Marrocos: Toubkal, Imilchil, Agoudal, Tinmel
  • Sul de Marrocos e deserto do Saara: Ouarzazate, Ksar Ait Benhaddou, Dunas de Erg Chebbi, Gorges du Todra, Vale do Dades, Vale do Draa.
  • Praia em Marrocos: Legzira, Agadir, Plage Blanche, Saidia.

Procure Alojamento em Marrocos



Booking.com

Gastronomia em Marrocos

O famoso cuscuz marroquino

O famoso cuscuz marroquino

A cozinha e gastronomia marroquina são deliciosas e detém receitas e pratos muito bons. Uma viagem a Marrocos não se completa sem se degustar alguns dos seus pratos mais famosos tais como o couscous, as tajines, a pastilla, o méchoui, os briouats, a harira, a bissara, a tangia marrakchie, o baddaz, a tagoula, a seffa, o msemmen, a harcha, o meloui e o baghrir.

Marrocos é produtor de vinho desde a época dos romanos. A boa temperatura na zona do Médio Atlas é excelente para crescer uva própria para a industria de vinho. Os vinhos principais de Marrocos são:

Vinho tinto: Thaleb, Cabernet, Ksar, Chaud-Soleil, Guerrouane, Boulaouane, Vieux-Papes, Oustalet, Père-Antoine, Sidi Brahim, Cardinal Amazir

Vinho branco: Chaud-Soleil, Valpierre, Muscat de Béni-Snassen

Vinho rosé: Oustalet, Guerrouane

Quando visitar Marrocos

Jardins Menara em Marraquexe

Jardins Menara em Marraquexe

Marrocos é um destino de férias que se adapta à sua altura para viajar. Ou seja, este país é um bom destino para visitar durante 12 meses do ano.

Durante o Verão é um pouco quente nas zonas do deserto, por isso visitar as montanhas e zonas de praia podem ser uma melhor solução para quem não consegue tolerar o calor.

No Inverno maior parte do país está coberto de neve, enquanto que no Verão, as zonas do Deserto do Saara estão quentes. As zonas da costa com as praias são locais ideais para nos refrescarmos.

Visitar Marrocos durante umas das suas celebrações anuais pode ser bem interessante. Todos estes tipos de festivais e feriados são uma oportunidade excelente para conhecer um pouco mais da cultura e sociedade marroquina.

Além dos festivais religiosos em Marrocos, há ainda vários feriados nacionais de importância relevante. Estes comemoram momentos marcantes da história de Marrocos, sendo os mais importantes o dia da Independência, o Festival do Trono, a Marcha Verde e o aniversário do Rei Mohamed VI.

Marrocos – Entre a Tradição e a Modernidade

Rota dos 1000 Kasbahs

Rota dos 1000 Kasbahs

O Reino de Marrocos é um país que funciona entre dois mundos. Apesar de ser muito conservador a nível familiar e social, Marrocos é porém, muito moderno em aceitar novas ideias, projectos e modas do exterior.

Marrocos além de ter uma cultura muito tradicional, há também presente uma certa modernidade nas grandes cidades, e estas além de terem os seus monumentos históricos, oferecem também mercados de artesanato, discotecas, restaurantes, lojas variadas, bancos, casinos, etc.

Este mundo pode facilmente ser visível enquanto viajamos e um nómada no deserto a falar ao telemóvel / celular; um senhor com um 4X4 último modelo mas vestido com djelaba e com turbante na cabeça; uma senhora com roupa tradicional mas a usar o último perfume da moda.

Locais que você tem mesmo que visitar em Marrocos

Deserto do Saara - Viagem em Marrocos

Deserto do Saara – Viagem em Marrocos

Aqui está um guia para alguns dos fascinantes lugares para passar férias em Marrocos. Em grande parte devido às suas diferentes influências históricas, Marrocos dá a possibilidade de fazer passeios variados e viajar com tipos de itinerários diferentes. Do deserto, às montanhas com neve, aldeias no meio da floresta ou as comunidades pescatórias junto ao mar, Marrocos oference todo o tipo de possibilidades para todo o tipo de viajantes.

A Rota dos 1000 Kasbahs situa-se no sul de Marrocos, na zona de Ouarzazate até Rissani e Zagora no Deserto do Saara. Estes kasbahs são casas fortificadas, normalmente situadas dentro de ksar, que são fortalezas ou medinas fortificadas. Alguns Kasbahs foram convertidos em hotéis. Muitas agências de viagens e operadoras turísticas oferecem excursões para a fantástica Rota dos 1000 Kasbahs.

O Vale das Rosas é uma excelente área para caminhadas, com belos pontos turísticos e onde extensas plantações de rosas são usadas para fazer perfume e todo o tipo de produtos provenientes de rosa tais como sabonetes, cremes e óleos. A cidade capital do Vale das Rosas é Kelaat-M’Gouna, onde anualmente há um festival com música, dança e muita festividade.

A Rota das Cidades Imperiais proporciona um lindo itinerário focando as cidades históricas e antigas capitais do Reino de Marrocos. As cidades imperiais marroquinas são Marrakech, Meknes, Fez e Rabat. Aqui poderá visitar imensos monumentos, palácios, mausoléus e museus. Um itinerário fantástico para aqueles que amam história.

O Vale de Draa tem estranhas formações rochosas, dunas e velhos casbahs junto ao maior rio de Marrocos o Rio Draa. O Vale do Draa estende-se desde desde a cidade de Agdz junto ao palmeiras, e segue passando por Zagora já perto das areias do imenso Deserto do Saara.

O Vale do Dades fica para lá do Vale das Rosas e tem paisagens que lembram um outro planeta. Formações rochosas incríveis e de cor vermelha forte, kasbahs e povoações contruídas em adobe fazem desta região marroquina, um must a visitar.

As Gargantas do Todra são um dos mais belos pontos turísticos em Marrocos. Este desfiladeiro de 300 metros de altura está situado à frente das montanhas que estão separadas por menos de 50 metros de distância. A estrada pelo meio destas rochas leva a alguns hotéis situados na abertura da Garganta e para as aldeias de Imilchil, Tamtatouchte e Ait Hani na região das Montanhas do Alto Atlas.

A Rota dos Fósseis situa-se na região sul, junto ao Deserto do Saara. Cidades como Alnif, Erfoud e Rissani são o epicentro de um dos lugares do mundo com mais concentração de fósseis com mais de 300 milhões de anos.

A Rota das Dunas de Erg Chebbi proporciona um extraordinários itinerário à volta das dunas. Aqui pode-se explorar paisagens desérticas junto à fronteira da Argélia, e também se podem fazer passeios de camelo para dentro das dunas. As aldeias mais importantes à volta das dunas são Merzouga onde se situa a maior duna com cerca de 300 metros de altura, a aldeia de Hassilabied e Ramlia onde se pode assistir a um espectáculo de dança e música Gnawa.

Procure alojamento em Marrocos:

Booking.com